O QUE É A MICROFISIOTERAPIA?

DORES CRÔNICAS – SAIBA COMO A MICROFISIOTERAPIA PODE AJUDAR
16/02/2017
CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DA MICROFISIOTERAPIA
22/02/2017

O QUE É A MICROFISIOTERAPIA?

Há diversos desprazeres que as pessoas sofrem todos os dias, sendo ela uma

dor de cabeça leve e constante ou um incômodo nas costas que perdera por

muitas semanas. Remédios e massagens superficiais apenas aliviam esses

sintomas por algumas horas ou poucos dias, mas os problemas sempre

acabam voltando. Qual poderia ser o problema? Para responder a essa

pergunta, talvez seja preciso fazer uma sessão de microfisioterapia.

O método da microfisioterapia está relacionado a medicina tradicional e não se

opõe as consultas e tratamentos da medicina moderna e da fisioterapia, sem

um auxiliador preventivo e também curativo de diversos problemas, sintomas e

doenças.

O que é a microfisioterapia?

A microfisioterapia é um método que consiste em acabar com os problemas

diretamente na fonte, não tratando apenas os sintomas que podem voltar com

o tempo. As ações feitas nesse tipo de fisioterapia atingem as cicatrizes em

níveis celulares, causadas por problemas físicos ou impactos psicológicos.

Semelhante a Homeopatia e com princípios da Embriologia, a microfisioterapia

diz que a mente e o corpo estão extremamente unidos fazendo com que um

atinge o outro quando há efeitos negativos e positivos. Dessa forma, problemas

psicológicos como perdas ou choques emocionais podem gerar lesões físicas

que se forem intensas acabam por provocar cicatrizes que ficam guardadas

nas memórias das células do corpo.

O objetivo é justamente estimular o corpo do indivíduo, com micropalpações, a

proclamar a autocura, está que é um processo natural, mas que pode ser

impedido ou feito de maneira errada dependendo do tamanho da agressão que

a pessoa sofreu (psicologicamente ou fisicamente).

Quem pode fazer a microfisioterapia?

Por ser algo sutil e se tratar da cura de diversos problemas, a microfisioterapia

não possui contraindicações sendo que todas as pessoas em todas as idades

podem fazer as sessões. Desde recém-nascidos aos idosos.

As indicações são maiores para quem sofre de dores crônicas ou sofreram

algum choque emocional, esses que acarretam em problemas como depressão

e aumento no nível de ansiedade.

A microfisioterapia pode ser utilizada para cura de sintomas e também como

ação preventiva, sendo recomendada ao menos uma vez por ano ou com

reforços a cada 6 meses.

Como é a sessão de microfisioterapia?

As sessões da microfisioterapia possuem alguns passos que são necessários

para a identificação e cura do problema indicado pelo paciente. São

basicamente quatro fases a serem feitas.

Na primeira parte o paciente diz ao fisioterapeuta qual ou quais os sintomas

que ele sente e que o levaram até a sessão. Depois disso o profissional trata

de identificar o foco, a cicatriz, através de micropalpações, procurando

desnivelamentos no corpo.

O corpo humano transmite diversos micromovimentos regulares, sendo que

nas áreas de cicatrizes esses movimentos são diferenciados ou imperceptíveis.

O fisioterapeuta deve ser capaz de achar esse problema e em seguida

identificar o ponto onde o sintoma é sentido.

Na última fase da sessão o profissional deve estimular o corpo a readaptar e

recuperar a região da cicatriz, através da autocura que está presente em todos

os seres humanos.

Os comentários estão encerrados.