A MICROFISIOTERAPIA NO TRATAMENTO DA DEPRESSÃO

A NOVA MEDICINA GERMÂNICA EM CONJUNTO COM A MICROFISIOTERAPIA
24/03/2017

A MICROFISIOTERAPIA NO TRATAMENTO DA DEPRESSÃO

A depressão é uma patologia, um distúrbio afetivo que vem atrapalhando e

muito a humanidade, hoje atinge cerca de 8 a 12% da população e tem 80% de

recorrência. E embora possa iniciar na infância, geralmente acomete pessoas

entre 20 e 40 anos.

Uma coisa que poucas pessoas sabem é que a depressão além de ter como

gatilho o estresse, situações de perda/a não aceitação dessa perda e situações

onde nos sentimos impotentes, acuados e desvalorizados, está ligada a um

fator genético, aos antepassados do paciente. No estudo da micro, estimamos

que esses problemas perduram por até 4 gerações, ou seja, pessoas que

possuem predisposição genética e durante a sua vida são expostas a situações

estressoras, podem desenvolver a depressão.

As marcas dessas situações estressantes, em que perdemos algo ou nos

sentimos desvalorizados ficam gravadas no mapa invisível do nosso corpo, e

através das sessões de micro podemos fazer uma leitura biológica e identificar

os eventos causadores do problema, de onde ele veio e como desencadeou, e,

a partir daí estimular aos órgãos e tecidos afetados a se regenerarem e

promoverem o processo de auto cura.

Os comentários estão encerrados.