TDAH: como a microfisioterapia e a acupuntura podem ajudar.

microfiosterapia
A microfisioterapia ajuda a lidar com bloqueios
27/01/2021
microfisioterapia
Microfisioterapia: Mitos e verdades
11/02/2021

TDAH: como a microfisioterapia e a acupuntura podem ajudar.

tdah microfisioterapia

Adorable schoolboy at lesson

Nunca se falou tanto sobre as síndromes de deficit de atenção e hiperatividade, consequentemente, nunca tivemos tantas crianças sendo tratadas com medicamentos que a longo prazo podem trazer mais prejuízos que benefícios.

O TDAH não é fácil de ser diagnosticado, por isso, não é incomum que crianças recebam tratamento medicamentoso baseado em um diagnóstico que muitas vezes não é assertivo.  Às vezes, é difícil estabelecer a diferença entre estresse e TDAH, ou a diferença entre ansiedade e TDAH. Os pais, por sua vez, querem resolver problemas comportamentais de seus filhos no consultório. Nem toda criança agitada, voluntariosa, agressiva ou inquieta é portadora da síndrome, porém, com o diagnóstico em mãos é hora de pensar no tratamento que a criança receberá.

Antes de tudo é preciso esclarecer que não raro, crianças com TDAH possuem inteligência acima de média, alto nível de criatividade, costumam ser originais em sua forma de pensar, são resilientes e perseverantes.  

Independente dos pais optarem pelo tratamento alopático é preciso que saibam que há outras ferramentas que podem auxiliar e ajudar a criança a se desenvolver de forma mais saudável e plena.

Como a Microfisioterapia pode auxiliar?

Do ponto de vista de microfisioterapia, que vai procurar pela causa emocional ou psicológica que gerou esse desequilíbrio que culminou no TDAH. Não é raro encontrarmos associados aos pacientes de TDAH situações familiares que envolvem uma carga densa de drama, como separações, períodos de convalescênça e mortes violentas, muitas vezes a pessoa que porta a síndrome sequer tem conhecimento desses fatos, mas acabam carregando a memória genética deles.

Normalmente as pessoas com hiperatividade têm dificuldade em se concentrar em uma única atividade, pois carregam o sentimento de que se fizer essa determinada atividade, estará deixando de fazer outra, é como se ela quisesse viver por ela e por quem se foi. Em crianças isso gera a hiperatividade, a agressividade e quadros de agitação, nos adultos, que já carregam o verniz social e de alguma forma aprendem a controlar esses impulsos, isso pode gerar ansiedade, fobias, medos, problemas de memória, dentre outros.

Durante o tratamento com a microfisioterapia será identificada a raiz desse problema, o que gerou esse trauma e quais sãos as memórias que estão fixas no organismo e promover a autocura, permitindo que o próprio organismo elimine aquilo que não é saudável.

Como a acupuntura pode auxiliar?

A medicina tradicional chinesa pode atuar como uma abordagem complementar do tratamento de microfisioterapia, que geralmente é feito em poucas sessões, com intervalos de trinta a cinquenta dias entre uma sessão e outra.

Durante o tratamento com a microfisioterapia o paciente já pode iniciar a acupuntura para aliviar os sintomas e equilibrar os campos energéticos que geram o problema. Em consultório é possível ver excelentes resultados com as crianças:

  • Melhora na qualidade do sono.
  • Maior controle da agressividade.
  • Maior capacidade de concentração.
  • Melhora nos relacionamentos sociais.
  • Melhora nos quadros de ansiedade.

Como é feito o tratamento de acupuntura em crianças?

O tratamento pode ser feito com agulhas, porém, para as crianças que não se sentem confortáveis com esse método é possível fazer o tratamento com laser, cristais ou equipamentos que promovem a indução energética do ponto a ser equilibrado.

Sabe-se hoje que mais ou menos 30% das crianças com diagnosticadas com TDAH recebem tratamento alopático e tomam medicações como a ritalina, que apesar de se mostrar eficiente e ter bons resultados gera uma série de efeitos colaterais, como insônia, diminuição do apetite, boca seca, náusea, nervosismo, dentre outros.

A acupuntura e a microfisioterapia podem atuar de formas complementares visando uma otimização dos resultados, enquanto a microfisioterapia busca identificar a raiz do problema e liberar o organismo das memórias causadoras do transtorno, a  acupuntura atua de forma a equilibrar o corpo e a mente, diminuindo os sintomas e dando as ferramentas necessárias para que o paciente lide da melhor forma possível com suas emoções e problemas.  

Deixe uma resposta