A real causa das alergias e como tratá-las com a microfisioterapia.

microfisioterapia
Sua relação com a comida pode dizer muito sobre seus traumas.
12/04/2021
O trabalho de parto e a acupuntura
28/05/2021

A real causa das alergias e como tratá-las com a microfisioterapia.

alergia

É muito comum que tenhamos alergias durante a vida, algumas passam rapidamente, outras se prolongam indefinidamente e podem gerar muito desconforto ao paciente, que tende a passar por longos tratamentos com medicação antialérgica, ou passam por restrições alimentares para não desencadear quadros alérgicos.  

Normalmente, as alergias surgem como uma resposta do organismo a alguma substância estranha ao corpo, o que caracteriza a hipersensibilidade imunológica. As alergias podem apresentar diversos e diferentes sintomas: 

  • Coriza
  • Tosse
  • Coceira nos olhos
  • Espirros 
  • Obstrução nasal
  • Urticária
  • Diarreia

Esses são apenas alguns dos sintomas que as alergias podem apresentar, e cada caso deve ser investigado a fundo pelo médico alergologista, que vai indicar o tratamento mais adequado. 

Segundo dados do Ministério da Saúde, ao menos 35% da população brasileira sofre com algum tipo de alergia, sendo a maior causa a hereditariedade, seguido das alergias respiratórias, de pele e alimentares.

As alergias de pele mais comuns são as de contato com plantas como urticária, ou substâncias químicas, como ouro, tecidos, tintas, produtos de limpeza e bijuterias. 

Já as alergias respiratórias são muito comuns em crianças, como a rinite, que pode ser desencadeada por poeira e outras agressões externas, como poluição ou substâncias presentes no ar. 

 Vários são os tipos de alergias e também inúmeras são as causas desses quadros, porém, do ponto de vista da microfisioterapia, a  causa dessas alergias podem ser de fundo emocional, como agressões, luto, perdas, medos ou congênita. É comum que as alergias apareçam após algum de conflito de separação ou distanciamento, seja por algo que o paciente quer perto dele, ou ainda, algo do qual ele deseja se livrar.

De acordo com a medicina germânica, as doenças são sintomas e respostas que o corpo emite a respeito de sobrecargas emocionais, físicas ou químicas, e quando o organismo não consegue eliminar sozinho as agressões sofridas, acaba gerando uma memória em nossos tecidos, uma espécie de cicatriz patológica, que irá guardar esse trauma sofrido. 

Deve-se entender que a microfisioterapia trabalha de forma distinta da medicina tradicional, enquanto a primeira trata o paciente como um todo e busca identificar a raiz dos problemas, a medicina tradicional tem um foco maior aliviar os sintomas. Uma não é excludente da outra, e podem ser administradas concomitantemente. 

Através da microfisioterapia, que irá identificar a raiz dessa alergia, o seu corpo terá uma nova chance de eliminar essa cicatriz patológica de forma definitiva. 

O principal objetivo é tratar o paciente de forma global e identificar todas as suas cicatrizes, oferecendo a chance de autocura para o corpo através de micropalpação. 

A microfisioterapia não possui contraindicação e todos podem fazer, normalmente são feitas de três a cinco sessões, com intervalos entre 30 e 50 dias. 

Lembrando que não se deve abandonar os tratamentos convencionais ou interromper o uso de medicações sem antes consultar seu médico. 

Você já fez microfisioterapia? Divida conosco sua experiência no campo de comentários logo abaixo. 

Quer conhecer mais sobre microfisioterapia? Continue acompanhando nosso blog e nos siga em nossas redes sociais.

Os comentários estão encerrados.